Sob os cabelos brancos

Pouco a pouco

Dia a dia

O tempo soma-se como contas coloridas num fio que não termina

Os anos são contados em branca cabeleira que cresce revelando  sonhos realizados

A deixar o semblante mais alvo

O olhar mais cansado

E a história mais comprida

Registros de uma vida

São coleções de sonhos

Baú de recordações

Tesouro escondido nas memórias de  guerreiros

A caminhada se faz lenta

A pedir um repouso para um “dedo de prosa”

O sorriso é suave ,cheio de luz e contentamento

E se refaz num abraço que afaga o  coração

Que diz sem palavras  um mundo de experiências , vividas às duras sorte do tempo

Enredo longo, contido na emoção

Tempo somado ano a ano e sonhado para mais tantos  que virão

Deita-se ao vento branca cabeleira

A embalar os sonhos de uma vida inteira

E desenhar o futuro de novas gerações

Aparecida Dias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s