Cabocla

Cabocla caipira, de olhar faceiro

Teu corpo dourado balança a dançar

Teus lábios rosados cantam a beijar

As ondas dos teus cabelos guardam  segredos

Teu jeito remelexo , teu doce, teu  mel.

Danças ao vento a correr pelo campo

Teu vestido de chita, em flores faz festa

Na  pele de jambo

Cabocla, morena

Olhas de soslaio

Detrás do balaio

Na colheita do café.

Teu cheiro doce

Trazido das flores do cafezal

Fica no vento quando tu passas a requebrar

Cabocla mineira

Danças ao pilão

Teu sorriso faceiro

Ilumina o terreiro  e o teu coração

Morena mineira

Cabocla sertaneja

Teu corpo balança

Não sei se é dança

Ou teu jeito faceiro de trabalho ligeiro

Gingando pra lá e pra cá.

Cabocla morena

Menina faceira

Esperas a noite, tua companheira.

Noite confidente de todos os teus sonhos e  desejos distantes

Noite perfumada de sertão em flor

Adormece cabocla, despe  do cansaço e te veste de amor

Tu danças a sonhar com os olhos do amante

Que mesmo distante  a vem visitar

No sopro da noite, na luz do luar

Morena mineira

Seu corpo faceiro

Está sempre a dançar.

Aparecida Dias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s