Andorinha

Tal qual andorinha que migra no verão

Em busca de pouso para construir seu ninho

Também eu saí do meu chão

E voei para teus braços

Em busca dos teus abraços

Teu coração é  meu porto

Teu amor é meu verão.

Veraneio em ti , toda a estação

Sem pressa de partida, pois teu verão não tem data definida

Andorinhamos pelo azul de um amor apaixonante

Dançamos alados ao vento

Sob a chuva  de um bom tempo

Mergulhamos em voos rasantes

Entre canarinhos cantantes

Primaveramos em festa!

Tal qual uma andorinha, eu busquei teu calor

Provei teu sabor

Teci em esperança nosso ninho

Conquistei-te  de mansinho

Sou ave viajante

Pássaro migrante

A voar contigo por toda a vida.

Vida  passarinha

Tal qual andorinha!

Aparecida Dias

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s