O azul dos olhos teus

Teus olhos, de tanto fitar o mar

Apaixonou-se pelo azul cintilante

E as águas vibrantes

Pediram-te em namoro.

Tu olhavas o mar

E o mar a fitar os teus olhos

Sempre neste apaixonante namorar

De tanto o contemplares

Roubaste para si o tom azulado

E assim de olhos azuis

Mais te parecias com o mar encantado.

Enquanto eu, longe do mar,

Olhava a noite estrelada

E no lago betuminoso da noite

Dei-me de mergulhar

Colori a pele, os cabelos, os olhos

Apaixonei-me pela noite de luar

E a lua mansa e carente

Deu-me  de presente

um pouco do brilho que roubara do sol

Deixando meu corpo em tom bronzeado

E meus olhos neste tom

Ansiaram por ver o teu mar

E banharem na mesma água  que tu banhas  apaixonado

Quando o azul dos teus olhos

Encontrar a lua no meu olhar

Esquecer-se-á das águas, encantado pela noite de luar.

Aparecida Dias

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s