Pobre menina

Pobre menina

Eu conheço os teus segredos

Sei bem que queres voar.

Há tempos observas os passarinhos

Olhos perdidos na imensidão dos céus

Coração pequenino, ligeiro a pulsar.

Menina águia vê longe, muito além

Do que os olhos humanos podem enxergar

Pobre águia  menina

Cortaram-te as asas

Aprisionaram teu caminhar

Tolheram os teus sonhos

E às sombras, no calabouço

Continuas a sonhar.

Aparecida Dias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s