Idioma do amor

Aprendi a língua dos ventos

Com ele pude conversar

Aprendi a língua do mar

Também com ele fui capaz de dialogar

Aprendi a língua do sol

E esse radiante e majestoso,

Dobrou-se para me falar

Conversei até com a lua

Pois ela pôs-se a me ensinar.

Agora falante de tantas línguas

Dar-te-ei o recado que precisar:

Quando na praia estiveres

E pela manhã sentires o vento a soprar

Ele diz-te baixinho que eu mando beijos

Pra te acordar

E se quiseres dar um mergulho

As ondar irão te abraçar

Elas levam o abraço que eu não pude te dar

E quando à tarde o sol te aquecer

Também ele dará meu recado

O calor que sentires é todo o meu bem querer.

O vento,

A brisa,

A lua

E o sol

Todos vão tocar-te por mim.

E se de repente chover,

Não te preocupes.

É só um pouco de saudade

Que meus olhos, sem vaidade,

Deixam-na escorrer.

Mas a chuva logo passa,

E o arco-íris se levanta

Abençoando o amor

Numa eterna aliança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s