Um passarinho me contou

A algazarra dos pássaros  vem anunciar

Que a noite está perto

Não tarda a chegar

Passarinhos se aninham  no alto da mangueira

A cantar os amores das gentes do sertão

Canarinho da terra voou outras terras

Sabiá laranjeira viu moça faceira

Tico-tico e pardal  acha  tudo  natural

Inhambu chitão e xororó

Testemunharam um sofrer  de fazer dó

Contam agora os passarinhos

Que o amor é de ninguém

Ele voa como as penas

Com pena de alguém.

E a voar sem destino

Machuca o coração

Voa passarinho, vai buscar outra canção

Pra cantar no meu quintal

Chega a noite

De  mansinho…

Vem nas asas do passarinho.

Vem amor devagarinho…

Se aninhar na minha noite

Vem a noite de amor

Se aninhar no meu calor

Sonhar as penas de alguém

E dormir nos braços de ninguém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s