JARDIM

Dançam  libélulas e borboletas  no belo jardim

Dançam  nas rosas, cravos e jasmins

Entre lírios, tulipas e  bromélias

Doce e branca Margarida

Solitária e tímida

Chora como quem perdeu o amor

Nem mesmo vê os  colibris a bailar  que voam parados

Imóveis no ar

Chora a Margarida

Acabrunhada no canto

Entre  gérberas coloridas

Besouro é bicho atrevido,  chega sem pedir licença

Cai a chuva mansa e colorida

Chora Margarida…

Noite chega com pirilampos

Estrelas cá na terra

Estrelas lá no céu

Margarida ainda chora escondida

Vem a lua  cor de prata e ilumina  todo o jardim

Mariposas dançam à luz

Margarida não tem sono… chora…

E a primavera é longa

Os dias passam devagar

Dançam as  borboletas de todas as cores

Colibris,  chupa-flores

Beija-flor

E Margarida   beija

Colibri que beija a flor

Flor que beija  o colibri

E Margarida sorri.

Chega o verão

Margarida sorri

Mudam as estações  e  Margarida é sempre viva

Resiste às mudanças

Dança Margarida

Sempre-viva do campo

Das serras de Minas

Sempre e viva a Margarida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s